A direção do Sindicato dos Professores de Petrópolis enviou, na última semana de maio, às diretoras(es) e coordenadoras(es) de todos os estabelecimentos de ensino privados da região uma carta, alertando sobre a pressão pela qual as professoras e professores estão passando nessa pandemia devido ao uso intensivo das atividades on-line.

Na carta, o Sinpro Petrópolis afirma, já em sua abertura: “Perdura-se um momento anômalo no mundo do trabalho: através do Home Office os docentes estão ‘presencialmente em sala de aula’, tendo que reservar mais horas do seu dia (além da carga destinada) para elaborar as atividades que serão ministradas. Esse esforço é Global e trata-se de uma situação atípica e imprevisível para todos os segmentos”.

Em seguida, o sindicato alerta: “os professores não podem ser ‘obrigados’ a permanecerem conectados a seus e-mails ou ainda ao celular, sob Pena inclusive de serem tais práticas consideradas como “Horas de Sobreaviso”, sujeitas a um pagamento extraordinário dessa comunicação na forma do art. 244 da CLT”.

O Sinpro Petrópolis, por fim, no documento, requisita que as instituições não desrespeitem os horários de trabalho de seus professores, entre outros graves problemas.

O sindicato tem aberto um canal de denúncias via zap para que os professores(as) denunciem qualquer situação abusiva: (24) 99217-5732

Leia aqui a carta do Sinpro Petrópolis às coordenadoras e direções de instituições de ensino da região.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/sinpropetorg/public_html/wp-includes/functions.php on line 4669

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/sinpropetorg/public_html/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 111